segunda-feira, 12 de junho de 2017

Nesta segunda – feira, 12, Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil, a Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria de Desenvolvimento Social e do Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (Peti), realizará mobilização envolvendo toda a sociedade, rede socioassistencial, escolas da rede municipal de ensino, Conselho Tutelar, Conselho Municipal da Criança e Adolescente (Cmdca) e Ministério do Trabalho com uma caminhada e panfletagens, tendo como objetivo conscientizar a sociedade na erradicarão do trabalho infantil.

A concentração será às 09h, na sede do Peti, situada na Avenida ACM, nº 1769, Malhado, iniciando a caminhada que percorrerá as principais ruas do malhado, até a Central de Abastecimento, mobilizando comerciantes e a população local.  No decorrer da semana, em parceria com os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) do município, situados nos bairros Nossa Senhora da Vitória, Savóia, Banco da Vitória, Olivença e Teotônio Vilela as ações serão realizadas nos comércios daquelas áreas.

A coordenadora do programa em Ilhéus, Sandra Cabral, ressalta a importância da sociedade em se envolver nesta mobilização garantido às crianças e adolescentes os seus direitos, de acordo ao Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), lei 8069/90. "Os pais e responsáveis precisam entender que as crianças têm direitos de viver conforme a sua faixa etária de idade, qualquer criança que trabalhe é considerado exploração infantil", afirma.  

A coordenadora declara que a mobilização de conscientização é uma ação contínua, que leva informações sobre os direitos das crianças, como participar do programa, atividades desenvolvidas, realizando eventos, como debates, passeatas, atividades culturais no enfrentamento ao trabalho infantil.

Peti Ilhéus – O  programa está funcionando em novo endereço, situado na Avenida ACM, nº 1769, Malhado, (ao lado do Banco do Brasil). O programa é um serviço prestado pelo governo Federal em parceria com os municípios e tem como objetivo retirar crianças e adolescentes do trabalho infantil e oferecer serviços de orientação e acompanhamento. A inserção do jovem no programa pode ser realizada na sede da SDS (Rua Mário Alfredo s/n, Conquista), na unidade do programa, ou mesmo através do trabalho de campo dos agentes sociais. 

Denuncie: Para denunciar casos do trabalho infantil, disque 100 ou ligue para o Conselho Tutelar de Ilhéus, (73) 3231-3929.


Secretaria de Comunicação Social – Secom

0 comentários:

Postar um comentário