Jorge Amado, escritor

“Descreva em uma frase o seu amor por chocolate

"Princesinha do Sul"

Jorge Amado, escritor de Gabriela Cravo e Canela

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

A cantora Ivete Sangalo anunciou nesta quarta-feira (20) que não vai participar do Carnaval de Salvador em 2018. Por meio de uma transmissão ao vivo no Instagram, ela comentou que seria uma irresponsabilidade participar da festa por conta da gravidez de gêmeos. Em fevereiro do próximo ano, ela estará com aproximadamente nove meses de gestação. "Em virtude da alegria e da felicidade de estar esperando gêmeos, eu não vou poder fazer o Carnaval, por orientação médica e por orientação também dos meus neurônios. Afinal de contas, seria uma grande irresponsabilidade minha estar perto do parto e me colocar em cima do trio. Seria irresponsável com a minha saúde e seria irresponsável também com a minha proposta como artista", disse a artista por meio da rede social. Apesar da ausência na folia, ela destacou durante a transmissão que o Carnaval é a "menina dos olhos" da sua carreira. "É a maior festa da minha terra, é uma das festas que me projetou para o mundo inteiro", elogiou. Ivete aproveitou a oportunidade para também agradecer aos fãs pelas mensagens de carinho enviadas por conta da gravidez.





Fonte: Holofote

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Tudo pronta para a Parada LGBT neste domingo na Avenida Soares Lopes.
Ainda terá stand de teste rápido para HIV/AIDS, e distribuição gratuita de preservativos, bem como apoio do Setor de DST/AIDS, Polícia Militar, Guarda Municipal e SUTRANS.
A Parada da Diversidade terá campanha de Saúde em Prevenção das DST/HIV/AIDS, protestos de Direitos Humanos Contra a Discriminação aos Homossexuais e Homofobia.

Programação Oficial da Parada LGBT de Ilhéus:

15h00min – DJ Kelly Cooper

16h30min – Gabriela Maja


17h00min – Banda Di Bali com participação de Carolzinha Figueira (Madrinha da Parada) – Dançando 

19h00minh – DJ Neto Nogueira


20h30minh finalizando com – DJ Dan Victor

A programação ainda contará com a participação de Beto Villaça (transformista), Andressa Diniz (GogoGirl), Junior Sena (GogoBoy), Ferah Sunshine(Drag), e a apresentação do evento ficará por conta da Aysha Pink.
A Parada da Diversidade terá ainda campanha de Saúde em Prevenção das DST/HIV/AIDS, protestos de Direitos Humanos Contra a Discriminação aos Homossexuais e Homofobia.
A Parada LGBT tem os apoios de:
Deputado Bebeto Galvão
Deputada Fabíola Mansur
Valderico Junior
Prefeitura Municipal de Ilhéus
Policia Militar
Corpo de Bombeiros
Guarda Municipal
SUTRAN
Ilheus.Net
Ilhéus Eventos
Berimbau Gourmet
Gabriela FM
Art`coco
Super Moda
La Luna
Sunply
Pousada Éden One
Aldeia da Praia
Praia do Sol
Opaba





Fonte: Léo Novais
Com menos de uma semana do falecimento do jornalista Marcelo Rezende, rumores já dão conta que os filhos do apresentador travam uma disputa com a namorada do pai, Luciana Lacerda. O clima de tensão teria iniciado no velório de Marcelo Rezende, quando Luciana teve poucos minutos para a despedida. Em seguida, os herdeiros teriam deletado mensagens e postagens das redes sociais do apresentador que envolviam a namorada. Informações do programa “A Tarde é Sua”, da terça-feira (19), destacam que os herdeiros também teriam trocado todas as fechaduras da casa onde o pai morava na companhia da namorada, impedindo que a mesma permanecesse no imóvel. Ainda durante o programa, Sonia Abrão contou que Luciana precisou entrar na residência acompanhada de dois funcionários do amigo, Geraldo Luís, para retirar os pertences na mão. Em meio às intrigas, há boatos de que Luciana Lacerda faça parte do inventário do jornalista que tem, entre os bens, uma casa avaliada em mais de R$ 10 milhões.





Fonte : Holofote
A Vara de Infância e Juventude de Ilhéus lança no próximo dia 28 de setembro o Projeto de Apadrinhamento Afetivo – Afeto que Transforma Vidas, voltado a crianças e adolescentes institucionalizados. A ação é realizada conjuntamente com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a Promotoria da Infância e Juventude e as Faculdades de Ilhéus e Madre Thais. A solenidade acontecerá às 19 horas no auditório desta última instituição.

A juíza Sandra Magali Mendonça explica que o projeto visa à estruturação de uma rede de apoio socioeducativo, capaz de proporcionar a convivência social e comunitária à crianças e adolescentes que vivem em instituições de acolhimento, em decorrência de direitos violados. As ações são desenvolvidas com crianças e adolescentes, de idades entre 8 e 17 anos, acolhidos nas Instituições de Ilhéus, com remotas possibilidades de retorno à família de origem ou adoção.

A magistrada explicou que existem três modalidades de apadrinhamento. No Afetivo, torna-se necessário que a pessoa tenha disponibilidade de tempo para estabelecer, através de atenção individualizada, uma relação que se torne referência positiva geradora de experiências gratificantes e saudáveis para o seu afilhado. Serão construídos laços de amizade, e padrinho e afilhado poderão passar finais de semana, feriados e férias juntos, até viajar.

No Apadrinhamento provedor, o padrinho pode ser pessoa natural ou jurídica, e dará suporte material ou financeiro à instituição, criança ou adolescente, com a doação de materiais escolares, vestuário, brinquedos, com o patrocínio de cursos profissionalizantes, reforço escolar, prática esportiva, idiomas ou arcando com os custos de alguma demanda especifica da instituição, da criança ou do adolescente. Já o Apadrinhamento prestador de serviços, o padrinho, por meio de ações de responsabilidade social, se cadastra para atender à instituição, às crianças e os adolescentes, prestando o serviço, conforme sua especialidade de trabalho ou habilidade.

"Nossa estimativa é que pelo menos 30 crianças e adolescentes sejam contempladas pelo projeto no município", afirmou a juíza Sandra Magali. Podem ser padrinhos e madrinhas pessoas sem demandas judiciais e que pretendem desenvolver ações em benefício de crianças ou adolescentes acolhidos. Os interessados passarão por um processo de habilitação e serão capacitados a exercerem o papel de padrinhos. Nos dias 02 e 03 de outubro, serão realizadas oficinas de capacitação destinadas a profissionais do sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes para atuarem no Programa, sob responsabilidade do Grupo de Apoio à Convivência Familiar e Comunitária – Aconchego.



Secretaria de Comunicação Social – Secom
A liminar que permite tratar a homossexualidade como doença psicológica comoveu os artistas nos últimos dias (lembre aqui). A atriz Flora Diegues, por exemplo, fez uma publicação no Instagram dando selinho em várias artistas, entre elas, Bruna Marquezine. “Hoje a gente acordou bem gay!”, escreveu Flora, na legenda em que aparece beijando também Tatá Werneck, Fernanda Nobre e Julia Guerra. A manifestação, entretanto, não agradou a muitos seguidores. Na tentativa das atrizes de demonstrar apoio à comunidade LGBT e criticar a decisão da Justiça Federal de Brasília, muitos internautas acharam o protesto desnecessário e chegaram a chamar a postagem de “cena ridícula”.


Fonte: Holofote
Silvio Santos resolveu alfinetar, em tom brincalhão, o ator Bruno Gagliasso, que alavancou a carreira depois de participar de Chiquititas, no SBT. "É o Bruno Gagliasso, aquele que fez Chiquititas e depois foi pra Globo? Mal agradecido, traidor e sem-vergonha! Por uns míseros milhões de reais largou o SBT, uma casa de família", disse o apresentador, aos risos, durante seu programa.
Gagliasso já havia feito figurações em novelas da TV Globo quando conseguiu a chance de participar de Chiquititas, na temporada exibida no ano 2000, no papel do personagem Rodrigo e estrela do clipe Passarinho. "Ele está na Globo até hoje? Se ele for mandado embora, nunca mais põe os pés nessa casa. Traidor", afirmou.





Fonte: Quem

terça-feira, 19 de setembro de 2017
















Ivete Sangalo, Marília Mendonça, Ana Vilela, 
Anitta, Gretchen, Claudia Leitte e muitos 
outros famosos se manifestaram contra a 
tratem gays e lésbicas como doentes, 
podendo fazer terapias de “reversão sexual”, 
sem sofrerem qualquer tipo de censura por 
parte dos conselhos de classe.
A decisão, do juiz Waldemar Cláudio de 
Carvalho, é liminar e acata parcialmente o 
pedido de uma ação popular. Esse tipo de 
tratamento é proibido desde 1999 por uma 
resolução do Conselho Federal de Psicologia. 
O órgão disse que vai recorrer.
“É Brasilzão, a gente tentando ser forte, ser 
otimista, com inúmeras pendências que 
caberiam a uma administração decente 
resolver, e aí me resolvem dizer que 
homosexualidade é doença. Doentes são 
aqueles que acreditam nesse grande absurdo. 
Pessoas, pensem sobre o que é esse 
equívoco, absorvam a coragem e a luta dos 
homossexuais e apliquem às suas mofadas e
inertes vidas. Tentem que vocês talvez possam 
ser felizes também”, escreveu Ivete Sangalo 
em seu Instagram.
Gretchen postou uma foto do filho, Thammy 
Miranda para fazer seu protesto. "Eu não tenho 
um filho doente. Meu filho é perfeito, saudável 
e cheio de amor".
Pabllo Vittar resumiu com: "Não somos doentes".
Luta contra homofobia= Anitta também se 
manifestou sobre o assunto. "O Brasil se 
devastando e as autoridades preocupadas com 
quem queremos nos relacionar. Isso precisa 
acabar. Deus, cure a doença da cabeça do ser 
humano que não enxerga os verdadeiros 
problemas de uma nação. Pais, não obriguem 
seus filhos a procurarem cura pra uma doença 
que não existe, baseados neste fato político. 
Essa busca interminável sim pode deixa-los 
realmente doentes". Em vídeo, a cantora ainda 
se disse devastada com a decisão.
A cantora Marília Mendonça também protestou 
contra a decisão. "O que esperar de um Brasil 
que trata as maiores atrocidades como se fosse
normal, e que trata o amor das pessoas como 
se fosse doença? Eu jamais vou entender, 
pessoas que querem decidir sobre a vida das 
outras, seja em qualquer aspecto. Passo por 
isso diariamente, com coisas banais e já sofro, 
imaginem quando isso acontece com quem só 
quer AMAR! Não existe mensagem que diga 
mais do que: Cuidem cada um da sua vida. 
Deixem as pessoas em paz, para serem 
exatamente como querem ser. Respeito".

TO THE LGBTQIA+ POPULATION IN BRAZIL. YOU ARE NOT A LAW OR MANDATE. YOUR LIVES MATTER. YOU ARE LOVED. we shall overcome!!! EU TE AMO 🏳️‍🌈🇧🇷