sábado, 10 de junho de 2017

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a interdição cautelar de um lote do medicamento Hidroclorotiazida comprimido, 50 mg. De acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (7), o lote 6562015 apresentou resultado insatisfatório em ensaio de dissolução realizado pelo Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO). O medicamento é destinado ao tratamento da pressão alta e pode ainda ser utilizado no tratamento dos inchaços associados com insuficiência cardíaca congestiva, cirrose hepática e com a terapia por corticosteroides ou estrógenos.






Fonte:Bahianoticias

0 comentários:

Postar um comentário