quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

A discussão em torno do Uber chegou à Câmara Municipal de Ilhéus. O vereador Fabrício Nascimento (PSB) filho do presidente do sindtáxi deu entrada nesta quarta-feira (13) no projeto de lei nº 157/2017 que visa a proibição do aplicativo que oferece serviço similar ao dos táxis convencionais. O parlamentar solicitou que o assunto entre na pauta em regime de urgência na sessão da próxima semana.   
Segundo Fabrício Nascimento, a atuação do sistema de transporte Uber vai de encontro que a lei determina para categoria, que é vistoriado pelo município e estado, devendo está legalizado para operar e garantir a segurança dos usuários, que ficam vulneráveis diariamente nas ruas de Ilhéus. 
De acordo com o Projeto, aos infratores da lei será aplicada multa de R$10 mil, além da apreensão do veículo e demais sanções cabíveis. Em caso de reincidência, será aplicada multa em dobro.






Fonte: Fábio Roberto

0 comentários:

Postar um comentário