terça-feira, 15 de agosto de 2017

O cantor brasileiro Valterson Ferreira Cantuária, Toddy Cantuária, ex-integrante do grupo de pagode Karametade, foi preso em Paris na tarde de segunda-feira. Ele é acusado de matar um turista argentino na madrugada do dia 26 de março, na saída de uma boate em Ipanema.
O cantor é um dos quatro suspeitos pela morte do turista argentino Matías Sebastian Carena, também de 28 anos. De acordo com informações da BBC, antes de ser preso, Cantuária fugiu para Madri e, de lá, seguiu para Paris. A rede britânica de televisão afirmou que Cantuária deve ser extraditado nos próximos dias para o Brasil, onde poderá ser condenado por homicídio, podendo pegar até 30 anos de prisão.

Em junho, a Justiça negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Pedro Henrique Marciano, conhecido como PH, um dos acusados de participar da morte do turista argentino. PH foi preso no início de abril por envolvimento no crime. Na ocasião, ele foi encontrado na casa da namorada, na Favela da Coreia.
O crime aconteceu em março deste ano, após uma briga entre um grupo de brasileiros e outro de argentinos, e teria sido causado por um esbarrão na saída de uma boate, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Matías Carena tinha 28 anos e era jogador de um clube da primeira divisão de futsal argentino.





Fonte: O Globo

0 comentários:

Postar um comentário