quinta-feira, 20 de julho de 2017









O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) 
liberou, nesta quinta-feira (20), vagas com hora
marcada para realização do recadastramento biométrico
nos postos de atendimento do órgão. No entanto, 
quem está em busca do serviço, durante a manhã, 
não consegue agendar o atendimento em nenhum 
De acordo com o TRE, a queda no sistema deve 
ter ocorrido por conta do grande número de acessos.
A situação está sendo analisada por uma equipe 
de informática do órgão.
Nesta quinta-feira, foram colocadas à disposição 
2.432 vagas para eleitores fazerem o agendamento, 
pela internet, e serem atendidos com hora marcada 
no período de 1 a 4 de agosto, na Central de 
Atendimento do TRE, no CAB, em Salvador.
O agendamento nas prefeituras-bairro da capital, 
que pode ser feito na mesma página, também foi 
aberto, mas, segundo o TRE, as vagas para esses 
locais são liberadas por cada cartório e o número varia
de acordo com a logística da zona.
Os eleitores da Bahia vinham sendo orientados a 
entrar na página de agendamento da biometria no 
dia 20 de cada mês para encontrar novas vagas com 
hora marcada. Mas, de agora em diante, o esquema 
vai mudar.
Segundo o TRE, a partir da semana que vem, a 
cada sexta-feira, serão liberadas 3.040 vagas para 
agendamento, que resultarão em atendimentos 
marcados no período de uma semana.
O Tribunal acrescenta que esse número pode ser 
ampliado, de acordo com o acompanhamento feito 
pelo órgão, que vai ser diário. Então, podem aparecer 
vagas ao longo da semana, se o órgão verificar que 
o atendimento vem sendo mais rápido que o esperado.

Obrigatoriedade= O TRE alertou que restam apenas 
seis meses para o fim do prazo do recadastramento
biométrico em Salvador e, até a quarta-feira (19), 
1.524.915 eleitores ainda não compareceram aos 
cartórios para a coleta das digitais. Dos 1.943.640, 
somente 418.725 soteropolitanos procuraram a Justiça
 Eleitoral baiana para fazer a biometria. O 
comparecimento é obrigatório e quem não atender a 
convocação terá o título de eleitor cancelado.
Com o cancelamento, o eleitor ficará impedido de 
realizar cadastro em benefícios sociais (Bolsa Família), 
emitir passaporte, receber aposentadoria ou pensão 
paga pelo governo federal, fazer matrícula em instituição 
de ensino superior, tomar posse em cargo público, além 
de outras restrições.
Na sede do TRE-BA (1ª Av. do Centro Administrativo 
da Bahia, 150 – CAB), o atendimento é feito de 
segunda a sexta-feira, das 8 às 18h - sem a 
necessidade de fazer agendamento. O órgão informa 
que, apesar da grande procura por parte dos eleitores 
no período da manhã, a sede do Tribunal tem registrado movimento tranquilo a partir das 15h.
A data final para a realização do procedimento é 31 
de janeiro de 2018, mas o TRE tem orientado que 
os eleitores compareçam aos postos de atendimento 
e cartórios eleitorais até o próximo dia 19 de dezembro, 
quando o judiciário entrará em recesso.




Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário