terça-feira, 18 de julho de 2017














O presidente Michel Temer entrou em pé de guerra
com a Rede Globo. Irritado com o enquadramento considerado negativo dado pela emissora no 
noticiário da crise política, o peemedebista ordenou, 
de acordo com informações da coluna Esplanada, 
do jornal O Dia, a execução de eventuais dívidas da emissora com a União, de impostos e de 
financiamentos no BNDES. O canal dos Marinho, 
entretanto, promoveu um contra-ataque e 
determinou que seus principais executivos se 
aproximem do presidente da Câmara, Rodrigo
Maia (DEM-RJ). O objetivo é fazê-lo presidente da República, mesmo que seja por um ano, até a 
eleição direta. Ainda segundo a publicação, as 
conversas Maia tem tido conversas constantes 
com o vice-presidente de relações, Paulo Tonet. 
Os dois almoçaram juntos no domingo passado, 
inclusive. Por outro lado, deputados da base aliada 
de Temer já falam em cassar concessões da “Vênus Platinada” quando vencerem os prazos, que são 
renovados, primeiramente, em uma comissão na 
Câmara.




Fonte: Holofote

0 comentários:

Postar um comentário