segunda-feira, 19 de junho de 2017

Após estrear a peça “T.R.A.N.S – Terapia de Relacionamento Amorosos Neuróticos Sexuais”, no Rio de Janeiro, e anunciar o cancelamento da mesma, Thamy Miranda usou suas redes sociais para dar sua versão sobre o ocorrido. “Como todo mundo sabe eu comecei a fazer uma peça que chamava Trans. “A gente foi convidado pelo Carlos Verahnnay para fazer essa peça no Rio de Janeiro. E várias coisas foram acordadas no começo que depois que a peça estreou nada aconteceu como foi combinado. Começou com falta de pagamentos, várias mentiras, a gente foi fazer uma participação na Mostra de Tiradentes e falou que seria de graça e depois descobriu que ele ganhou 6 mil reais com a apresentação da peça", explicou Thamy que interpretava um surfista e atuava ao lado da namorada Andreia Ferreira. O diretor Carlos Verahnnay, por sua vez, também usou as redes sociais para falar sobre a peça. Segundo ele, algumas poucas pessoas da equipe não receberam cachê por falta de pagamento de um patrocinador. “A peça foi " abortada" por duas pessoas que gostam de confusão e fazem grupos. Quem é de teatro sabe que as porcentagens podem ser pagas até o fim da temporada. Ainda mais não dando público. Os técnicos que não estão dentro desta porcentagem receberam com o mísero borderô que deu nas duas primeiras semanas. (...) Apenas me defendendo de acusações mentirosas e de pessoas que faltam a espetáculos não tendo o menor compromisso”, defendeu-se Carlos Verahnnay. O caso será levado para a Justiça, conforme garantiu Thamy Miranda.

0 comentários:

Postar um comentário