quinta-feira, 24 de maio de 2018

A greve dos caminhoneiros, que protestam contra os sucessivos aumentos no preço dos combustíveis e paralisam estradas em várias regiões do País, já produziu reflexos em diversos estados. Com o desabastecimento dos postos de combustíveis, o município de Ilhéus, através Superintendência de Trânsito (Sutran), reuniu-se com representantes das empresas de transportes públicos e foi definido o contingenciamento em 30 por cento da frota, válido para a sede urbana e para a zona rural, a partir de hoje, 24.
De acordo com o diretor de Trânsito, Gilson Nascimento, o contingenciamento faz-se necessário para que o serviço de transporte seja garantido nesse momento em que já há racionamento de combustíveis no País. Nesse sentido, há a manutenção de 70 por cento da frota do sistema de transporte coletivo, até que seja normalizada a situação. Segundo Nascimento, a medida é cautelar e legal, uma vez que a falta de combustível prejudica diretamente a prestação dos serviços de transporte público no município. A solução para quem quer ir para o trabalho ou escola, será a UBER e os Taxis.

0 comentários:

Postar um comentário