quarta-feira, 2 de agosto de 2017

As irmãs Pepê e Neném surpreenderam o público LGBT ao publicar um vídeo em apoio ao deputado Bolsonaro, pré-candidato a presidente do Brasil. Polêmico por proferir falas homofóbicas, o político conseguiu declarações das cantoras negras e lésbicas sobre a postura de homossexuais ao manifestar intimidade em público. "Ninguém é obrigado a ver nada de ninguém. No meio da rua, no cinema... Tem gente que passa do limite. Para que você vai passar para a rua coisas que você pode fazer dentro de um quarto? Se você está com vontade de beijar sua namorada, não fica exagerando, porque pode ter uma criança passando. Tenha limite", disseram em um vídeo publicado na página oficial de Bolsonaro. Em resposta, ativistas do movimento LGBT ficaram perplexos com a atitude das cantoras, enquanto os seguidores do político perceberam uma “salvação” na esquerda brasileira. “Negras Gays falando do Bolsonaro... Vendo elas ainda tenho esperanças que existam pessoas inteligentes no Brasil.  Elas foram geniais...”;  “Isso sim que é ser gays de verdade, não é (sic*) mimizentas”; “ Nossa que triste. Oprimido defendendo o opressor que o oprime”, lamentou um internauta.






Fonte; bahianoticias

0 comentários:

Postar um comentário