sábado, 17 de setembro de 2016

Paulo Zulu vai a delegacia por divulgação de foto íntima, mas não presta queixaO modelo Paulo Zulu foi nesta sexta-feira (16) à Delegacia de Repressão a Crimes de Informática do Rio de Janeiro para fazer uma consulta sobre a divulgação de uma foto íntima. De acordo com o G1, ele saiu do local sem prestar queixa. Zulu relatou que foi à polícia com o advogado apenas para fazer uma consulta sobre o caso.  "Viemos buscar orientação para saber o que devemos fazer, tomar uma decisão. Isso é uma situação muito constrangedora, queria que isso acabasse aqui", explicou. No último domingo (11), uma foto íntima do modelo foi publicada nas redes sociais. Ele argumenta que a imagem foi postada depois que seu celular foi hackeado. A defesa sustenta que o cliente foi alvo de vítima de uma invasão de privacidade e pede a punição dos responsáveis pela publicação. No entanto, o aparelho ainda vai ser analisado para verificar se foi realmente alvo de hackers. "Vamos estudar o caso no escritório, falar com alguns técnicos, para saber o que será feito", disse o advogado Daniel Blank.



Fonte: Holofote

0 comentários:

Postar um comentário