domingo, 14 de janeiro de 2018









Morreu na tarde de sábado (13), aos 
74 anos, em Salvador, Raimundo Bispo 
dos Santos, conhecido como Mestre 
King, precursor da dança afro na Bahia 
e no Brasil. Professor e coreógrafo, ele 
foi o primeiro homem a se graduar em 
Dança pela Universidade Federal da 
Bahia (UFBA).
Segundo informações da Fundação Cultural 
do Estado da Bahia, Mestre King sofria de 
insuficiência renal e faleceu em casa, 
onde estava na companhia de familiares.
Durante a manhã deste domingo (14), 
amigos e parentes participam do velório, 
que é realizado na sede da Fundação 
Cultural do Estado no Pelourinho. Mestre 
King terá o corpo cremado em cerimônia 
reservada aos familiares no Cemitério Jardim 
da Saudade, às 14h deste domingo.
No mês da Consciência Negra, em 2017, 
a Fundação Cultural homenageou o Mestre 
por seu legado à dança e às artes.
Na programação do Novembro das Artes 
Negras, Mestre King ganhou uma sala com 
seu nome na sede da Fundação Cultural, 
onde ocorreu toda a programação comemorativa. 
Mestre King também inaugurou, junto à Escola 
de Dança da Funceb, o AGÔ - Núcleo de 
Pesquisa em Dança Afro, pioneiro no gênero.
O coreógrafo foi ainda tema do documentário
 “Raimundos: Mestre King e as Figuras 
Masculinas da Dança na Bahia", que 
apresenta um pouco do legado deixado pelo 
Mestre, que revolucionou a prática e o ensino 
da dança contemporânea, sendo responsável 
pela formação dos principais nomes da dança 
afro na Bahia.
Mestre King nasceu em Santa Inês (BA), no 
dia 12 de outubro de 1943. Ele deixa dois filhos.
Por meio de comunicado oficial, a Fundação 
Cultural do Estado lamentou o falecimento 
do artista:
"É com imenso pesar que a Fundação Cultural 
do Estado da Bahia informa o falecimento na 
tarde deste sábado (13), deste que muito nos inspirou, entusiasmou, impulsionou e muito nos 
referenciou na Arte da Dança! Nosso Mestre 
King, que já vinha há um tempo tratando de 
insuficiência renal, faleceu em sua residência 
hoje. Nós nos solidarizamos com sua família, 
amigos e manifestamos todas as nossas 
condolências e pesar por sua passagem. Mestre 
King, muito obrigado por tudo!"






Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário